Pizzaiolo condenado por esquartejar jovem é preso por agressão

Ele estava com uma faca e ameaçou funcionários do hospital por ciúmes de sua esposa

Weber Melquis, que foi condenado a 17 anos de prisão por homicídio, em 2012

 

VITÓRIA GOMES
DA REDAÇÃO

A Polícia Militar prendeu o ex-pizzaiolo Weber Melquis Venandes de Oliveira, de 30 anos, na tarde de sexta-feira (24), após ele agredir e ameaçar matar funcionários do Hospital Santa Helena por ciúme de sua esposa. O caso ocorreu em Cuiabá.

 

O acusado ficou conhecido como “Assassino da pizzaria”, após ser condenado a 17 anos de prisão, em 2015, por ter matado a facadas e queimado o corpo da jovem Katsue Stefane Santos Vieira, em um forno de pizzaria. O homicídio ocorreu em 2012.

 

De acordo com o boletim de ocorrência, na tarde de sexta-feira, o homem chegou na unidade hospitalar com uma faca e se aproximou de um funcionáro, o ameaçando e insinuando que estaria tendo um caso com sua esposa.

 

Antes que o suspeito pudesse alcançá-lo, a vítima saiu correndo e se escondeu no hospital, momento em que acionou a Polícia Militar.

 

Já no local, a PM conversou com testemunhas, que afirmaram que o acusado havia saído do local.

 

No entanto, eles relataram que, antes de deixar o hospital, o homem agrediu com seu capacete quatro pessoas que estavam paradas em frente a unidade de saúde.

 

Os militares também falaram com a esposa do suspeito, que trabalha no mesmo hospital que a vítima.

 

Aos policiais, a mulher confirmou que ele ameaçou o seu colega de trabalho com uma faca e ameaçou outros funcionários, médicos e enfermeiros no local.

 

Porém, em razão de saber do histórico violento do marido, disse não ter interesse em representá-lo.

 

Os policiais militares conseguiram rastrear o acusado pela tornozeleira eletrônica e deram voz de prisão. Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes para registro da ocorrência.

 

Weber Melquis cumpria prisão em regime semiaberto.

 

Vamos entender o texto:

1º) Porque  um homem desses com histórico violento está solto ?

2º) Um homem desses, que fez churrasco da sua ex namorada hoje, tem esposa?

Agressor tem que estar preso em regime fechado e não aberto. Que justiça brasileira hein?

 

Crime bárbaro

Nova prisão de pizzaiolo expõe fragilidade de legislação

 

A prisão do ex-pizzaiolo Weber Melquis Venandes de Oliveira, de 30 anos, na tarde de sexta-feira (24), mostra a necessidade de alteração na legislação brasileira.

 

Em 2015, ele foi condenado a 17 anos de prisão, por ter matado a facadas e queimado o corpo da jovem Katsue Stefane Santos Vieira, em um forno de pizzaria. O homicídio ocorreu em 2012.

 

Nesta sexta, Weber – que cumpria prisão em regime semiaberto – agrediu e ameaçou matar funcionários do Hospital Santa Helena por ciúme de sua atual esposa.

 

Oito anos após um crime bárbaro e que chocou toda a sociedade, o criminoso já estava nas ruas, voltando a ameaçar a vida de pessoas.

 

Sua atual esposa – que trabalha no hospital onde ocorreu o episódio – confirmou que Weber ameaçou o seu colega de trabalho com uma faca. Porém, em razão de saber do histórico violento do marido, disse não ter interesse em representá-lo.

Siga-nos nas redes sociais.

 

Compartilhe!



Portal Zeamerica